Qual é o real valor da meta tag keywords em uma campanha de SEO?

Um dos assuntos mais recorrentes na área de otimização para mecanismos de busca (SEO – Search Engine Optimization) é a utilização da meta tag keywords e o seu real valor para uma campanha. Afinal, a utilização dessa meta tag realmente ajuda uma página a alcançar posições mais altas no ranking dos mecanismos de buscas? Antes de mais nada, o que são meta tags? Se você não conhece HTML ou não tem muito experiência com o mundo de otimização para mecanismos de busca é muito provável que você não saiba o que elas são. As meta tags servem basicamente para descrever a sua página. Mas não para os seus visitantes e sim para os navegadores, mecanismos de busca e outros serviços/aplicativos. As informações presentes nessas tags não são visíveis ao usuário (a não ser que ele acesse o código fonte da página) mas elas podem ser muito úteis para descrever o seu conteúdo. Através das meta tags você pode, por exemplo, solicitar ao navegador que atualize uma página após um determinado intervalo ou então ajudar mecanismos de busca como o Google e o Bing fornecendo uma descrição sobre a sua página. A keywords é uma das meta tags padrão. Em um mundo ideal, você colocaria as palavras-chave que melhor identificassem o conteúdo de uma página e então os mecanismos de busca seriam capazes de ler essa informação e usá-la para indexar a sua página e também para definir o ranking dos resultados de uma busca. Por exemplo, essa página fala um pouco sobre as meta tags em geral e também sobre a meta tag keywords. Eu poderia então descrever o meu conteúdo dessa maneira: (lembre-se de que embora o site como um todo tenha uma certa influência, o ranking é definido para cada página) Exemplo de utilização da meta tag keywords Assim, teoricamente, eu estaria ajudando os mecanismos de busca. Só existe um problema: esse mundo ideal não existe! No mundo real, alguns blogueiros/webmasters simplesmente abusam da meta tag keywords e adicionam palavras-chave sem qualquer relação com o conteúdo real de uma página. Tudo para tentar alcançar posições mais altas no ranking dos mecanismos de busca. Que tal uma meta tag keywords com o valor abaixo? Exemplo de utilização da meta tag keywords Nenhuma das palavras-chave acima tem qualquer relacionamento com essa página. Mas são todas palavras-chave que geram uma grande quantidade de tráfego e onde muito dinheiro é investido. Seria ótimo estar na primeira página do Google para qualquer uma dessas palavras-chave, certo? Essa é uma tática muito utilizada até hoje. Mas temos outra forma de abuso também. Conhecida como keyword stuffing, trata-se de uma técnica black hat onde, no contexto da meta tag keywords, o blogueiro/webmaster abusa da utilização das palavras-chave. Por exemplo: Exemplo de utilização da meta tag keywords Bom, então não vivemos no mundo perfeito e sabemos que sempre existirão pessoas tentando levar vantagem em cima de empresas, pessoas ou serviços. Com os mecanismos de busca não é diferente. Algumas palavras geram uma quantidade de tráfego muito grande. Posições altas em uma página de resultados podem gerar alguns milhões de reais. Houve um tempo (1995 a 1998) em que os mecanismos de busca usavam a meta tag keywords como parte do processo de ranking. Mas hoje em dia poucos são aqueles que ainda a utilizam. A grande maioria dos mecanismos de busca simplesmente não suporta a meta tag keywords, incluindo o Google. O Google anunciou em 2009 que tal tag não é usada. Ou seja, ela não irá influenciar o processo de ranking.

Mas e o Bing?

O Bing (e por tabela o Yahoo, que utiliza a mesma engine do buscador da Microsoft) ainda usa a meta tag keyword como um sinal para o seu algoritmo de ranking e também em seu processo de indexação. Veja só esse trecho retirado do guia de otimização publicado pelo Bing: “The <meta> tag’s keyword attribute is not the page rank panacea it once was back in the prehistoric days of Internet search… But there’s no need to ignore the tag. Take advantage of all legitimate opportunities to score keyword credit, even when the payoff is relatively low” Ou seja, embora não tenha a mesma importância do passado, o Bing ainda utiliza o valor da meta tag keywords. O próprio Duane Forrester (gerente de produto do programa Bing Webmaster) respondeu da seguinte forma quando perguntado se o Bing ainda utilizava a meta tag keywords: “Getting it right is a nice perk for us, but won’t rock your world. Abusing meta keywords can hurt you.” Ou seja, sim; se for utilizada da forma correta tal meta tag pode ser útil ao seu site. E qual seria a forma correta? Basta evitar o keyword stuffing. O algoritmo do Bing pode usar a meta tag keywords como um sinal negativo caso você esteja usando tal técnica (e seu site poderá ser penalizado).

Afinal, devo ou não usar a meta tag keywords?

O Google ignora seu valor. O Bing utiliza, mesmo que seu valor seja baixo. Desde que seja utilizada da forma correta, você pode continuar incluindo as palavras mais pertinentes relacionadas ao seu site nessa tag. Mas não perca muito tempo otimizando o seu conteúdo pois o retorno será muito baixo. E você, está usando a meta tag keywords? E qual a importância você tem dado a sua otimização?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment